close

Notícias

Notícias

Construção tem sexto mês com saldo positivo na geração de empregos

Construção-ShutterStock

O setor da construção civil registrou em setembro de 2019 um saldo de 18.331 novas vagas com carteira assinada, segundo o mais recente relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Resultado da relação entre 126.439 admissões e 108.108 desligamentos, o número foi divulgado nesta quinta-feira (17) pela Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia. A quantidade de trabalhadores formais no setor, em todo o País, passou de 2,073 milhões em agosto para 2,092 milhões em setembro, o que representou um crescimento de 0,89%.

Foi o sexto mês consecutivo de números positivos no mercado de trabalho formal do setor e o melhor resultado para um mês de setembro dos últimos seis anos. Nos primeiros nove meses do ano, a construção contabiliza um saldo de 116.530 vagas, o que representa uma expansão de 5,90% no número de trabalhadores e, em 12 meses, 50.122 vagas (aumento de 2,45%). O acompanhamento do tema tem interface com o projeto Banco de Dados da Construção, desenvolvido pela CBIC com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Apesar de ainda distantes do necessário para recuperar as vagas perdidas nos últimos anos, o resultado de setembro comprova, segundo Martins, uma reversão de sinais nas atividades da construção. “Estes números representam um certo alento para o setor, pois confirmam que a construção voltou a caminhar”, afirma o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins.

Ampliação do uso do FGTS pode prejudicar emprego e moradia
Apesar do resultado, o setor continua preocupado com questões como o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS). Qualquer alteração no direcionamento dos recursos que garantem o financiamento da habitação popular pode trazer efeitos insatisfatórios do ponto de vista socioeconômico, tanto em termos de acesso à moradia como geração de postos de trabalho.

“O País vivencia um momento onde é necessária a união de esforços de todos os agentes para consolidar o crescimento econômico. Por isso, é preciso cuidar especialmente de setores tão importantes como a construção civil, para que os resultados positivos não sejam temporários, e sim, permanentes”, comentou o presidente da CBIC.

Nesta semana, José Carlos Martins defendeu a manutenção dos recursos do FGTS como fonte de recursos para financiamentos à casa própria, a saneamento e infraestrutura, durante entrevista a O Estado de São Paulo. O vídeo está disponível no perfil do jornal no Youtube.

Fonte: CBIC

Leia mais
Notícias

Sorteio de Bolsa Integral de Curso do IBAPE

WhatsApp Image 2019-10-18 at 10.00.54

Curso de Avaliações de Imóveis Urbanos e Rurais (20h)

Sorteio dia 31/10/2019 às 16h

*Sorteio somente para Associados Adimplentes.

INSTRUTOR: Professor Rubens Dantas, Especialista em Engenharia Econômica, Mestre em Engenharia de Produção e Doutor em Economia; Professor de Engenharia de Avaliações e de Avaliação Econômica de Empreendimentos na Universidade Federal de Pernambuco; Presidente da SOBREA – Sociedade Brasileira de Engenharia de Avaliações (2015-19).

PRÉ-REQUISITOS: O aluno deve ser graduado em Engenharia, Agronomia ou Arquitetura ou estar matriculado em um dos cursos em período igual ou superior ao quarto.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. Apresentação dos aspectos normativos relevantes das normas específicas da ABNT: ( NBR 14.653-1/2001: Avaliação de Bens ; NBR 14.653-2/2011: Avaliação de Imóveis Urbanos; NBR 14.653-3/2004: Avaliação de Imóveis Rurais); 2. Fundamentos do Método Comparativo de Dados de Mercado: (Conceitos normativos relevantes; Conhecimento do objeto; Planejamento e preparação da pesquisa; Trabalho de campo; Tratamento de dados; Escolha e discussão do Modelo; Avaliação do Objeto); 3. Tratamento dos dados por Regressão Linear: Escolha de Variáveis Explicativas e Explicada; Codificação de Variáveis Qualitativas do tipo Dummy, Proxy, Booleana, Categórica; Análise exploratória de dados; Análises de tendências; Especificação de modelos; Estimação dos parâmetros; Testes de significância dos parâmetros e do modelo; Análise de resíduos; Pressupostos básicos do modelo clássico de regressão; Modelos via transformações do tipo exponencial, potencial e hiperbólico; Escolha, interpretação e discussão de modelos; Verificação dos pressupostos básicos em relação à linearidade, homocedasticidade, normalidade, não multicolinearidade, não autocorrelação serial e espacial, pontos influentes e formação de clusters; Enquadramento nos graus de fundamentação e precisão segundo as normas da ABNT; Apresentação de estudos de caso; Aplicações práticas com utilização do EXCEL e do SAB; 4. Apresentação de Laudos de Avaliação.

 

Leia mais
Notícias

Engenharia de Alimentos é uma profissão onde a qualidade é essencial

WhatsApp Image 2019-10-17 at 091707

No dia 16 de outubro se comemora o Dia do Engenheiro de Alimentos. A data é a mesma escolhida em 1945 pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) como Dia Mundial da Alimentação. Foi criada com o objetivo de elevar os níveis de nutrição e desenvolvimento rural no mundo.

A engenheira de alimentos Rachel Teixeira de Castro, trabalha no setor de qualidade de uma das maiores empresas de alimentos do Ceará, a Moinho M. Dias Branco. Ela revela que se identifica muito com a área, pois acredita que a qualidade é essencial para tudo que se produz, consome e adquire. Formada em 2003 pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Rachel é especialista em panificação com certificações internacionais e cursa MBA em Gestão de Pessoas.

Segundo a engenheira, a profissão é de suma importância na sociedade. “É essencial para indústrias, comércios e unidades de alimentação em geral para a garantia dos padrões de qualidade e excelência dos processos” diz. Rachel destaca esse diferencial porque os engenheiros de alimentos desempenham papel em todas as etapas produtivas da industrialização, além de desenvolverem pesquisas e políticas do setor alimentar também colaboram para a preservação da saúde pública por meio de produção de normas e fiscalizações.

No Ceará, os Engenheiros de Alimentos têm ganhado notoriedade. “Vejo que tem crescido o número de profissionais no mercado, porém se olharmos para algumas regiões do Brasil, o profissional não tem tanta projeção e acaba se tendo muita gente para o mercado absorver” é o que afirma a Engenheira de alimentos Rachel Teixeira de Castro.

No curso de Engenharia de Alimentos, como em boa parte das engenharias, os alunos costumam ter as disciplinas de introdução nos primeiros dois anos de
curso e, depois entram na parte mais específica da área. Para haver exercício da profissão, o engenheiro de alimento precisa ser registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do seu Estado. De acordo com Rachel, é imprescindível que exista amor, conhecimento técnico e de atividades para que haja êxito nos trabalhos desenvolvidos. Para os estudantes, a profissional garante que a engenharia de alimentos é uma profissão super desafiadora, por todas as frentes que temos de atuação, bem como todo dia um novo aprendizado, “por isso é sempre importante estarmos atualizados e a antenados com as tendências de mercado, principalmente com os “modismos” de consumo e alimentação”, finalizou.

Leia mais
Notícias

Fortaleza sedia o 61° Congresso Brasileiro do Concreto

IBRACON
Em uma semana de bastante preocupação com as estruturas prediais de Fortaleza, a cidade sedia o 61º edição do Congresso Brasileiro do Concreto. Esse ano o tema abordado é: Durabilidade das Estruturas de Concreto – Avanços tecnológicos.
O evento está acontecendo desde o dia 15 de outubro e encerra sua programação amanhã, no dia 18. Esta já é a quarta vez que Fortaleza recebe o encontro, que todo ano acontece em um estado brasileiro. Cerca de 1.200 pessoas participam, entre eles estudantes, professores, pesquisadores e profissionais técnicos, em geral do setor construtivo. O objetivo do congresso é divulgar as novidades de pesquisas científicas, tecnologias e inovações em análises e projetos estruturais, metodologias construtivas, materiais de construção e suas propriedades, gestão e
normalização técnica, dentre outros aspectos relacionados ao material industrial mais consumido no mundo.
A programação acontece no Centro de Eventos do Ceará com seminários e palestras sobre os variados temas relacionados a construção. “O congresso é importante para o aprendizado dos profissionais, assim eles estarão aptos a lidar com a manutenção de edifícios”, é o que afirma a diretora regional do Ibracon (Instituto Brasileiro do Concreto), Denise Silveira. Para ela, o grande impacto do evento é conseguir reunir universitários, técnicos de concreto, setor público e privado a fim de gerar resultados que melhorem a vida da sociedade. “No nosso encontro, os profissionais da área podem ter seus horizontes abertos com a possibilidade de aprender com especialistas da área da tecnologia de nível internacional”, finalizou.

Leia mais
Notícias

Dia do Engenheiro de Alimentos

WhatsApp Image 2019-10-16 at 09.16.32

Hoje, 16 de outubro, é dia do Engenheiro de Alimentos, profissional multidisciplinar que trabalha com conhecimentos na área da física, química, matemática e biologia, além de conceitos de economia e administração, e atua sob importante função na perspectiva nutricional dos alimentos, buscando aliar qualidade e nutrição.

Com cada vez mais importância dentre os debates sobre a segurança alimentar, os engenheiros de alimentos desempenham papel precípuo em todas as etapas produtivas da industrialização, além de desenvolverem pesquisas e políticas do setor alimentar, como também colaboram para a preservação da saúde pública por meio de produção de normas e fiscalizações.

A data para comemoração da profissão é a mesma escolhida em 1945 pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) como Dia Mundial da Alimentação, criada com o objetivo de elevar os níveis de nutrição e desenvolvimento rural no mundo.

O Senge-CE homenageia todos os profissionais que atuam nas várias etapas da industrialização de alimentos e colaboram na preservação da saúde da população.

Leia mais
Notícias

Sorteio de Bolsa Integral de Curso do IBPJ

WhatsApp Image 2019-10-14 at 15.50.28

O Instituto Brasileiro de Perícias Judiciais é uma instituição que, há cinco anos, vem se dedicando à capacitação de profissionais com nível superior com interesse em atuar nas funções de perito judicial e de assistente técnico em todo território nacional. Como resultado dessa dedicação, o IBPJ desenvolveu a capacidade de oferecer o melhor conteúdo teórico e prático em seus cursos, de forma a garantir que seus alunos atuem com excelência e ética nessas funções.

Público Alvo

O curso é direcionado aos profissionais que possuam curso de nível superior nas mais diversas áreas do conhecimento, tais como engenharia, contabilidade, administração, arquitetura, fisioterapia, aviação, medicina, odontologia, enfermagem, fonoaudiologia, direito, corretagem de imóveis (com tti), etc.

Ministrante: Marcus Vinícius Pacobahyba

Sorteio dia 16/10/2019 às 16h

*Sorteio somente para Associados Adimplentes.

 

Leia mais
Notícias

Dia do engenheiro agrônomo

WhatsApp Image 2019-10-10 at 153508

A agronomia pensa na agricultura não apenas do ponto de vista econômico e produtivo, mas também do ambiental. O trabalho de um engenheiro agrônomo está relacionado com a produção agrícola e animal e com as pesquisas e ensaios que elaboram com o objetivo de produzir produtos com mais qualidade.

Optando por duas áreas específicas, o engenheiro agrônomo pode desenvolver a sua atividade direcionada à vida vegetal ou animal. No Brasil, esses profissionais são de extrema importância pela forte atuação do país na economia agropecuária.

Hoje, 12, comemoramos o dia do Engenheiro Agrônomo. O Senge-CE sabe a importância do trabalho desse profissional para a sociedade e seguirá desenvolvendo atividades, como o ”chamamento público sobre a PL 6299/2002”, que discutiu em várias cidades do Interior do estado do Ceará e na Capital a Lei dos Agrotóxicos, abordando um assunto de total domínio do agrônomo.

Leia mais
Notícias

CURSO DE IMPLANTAÇÃO DO PLANO DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE DE SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO (PMOC) É REALIZADO EM FORTALEZA.

011019.3

A lei 13.589/ 2018, já em vigor, obriga a manutenção de sistemas de ares-condicionados. Com isso, edifícios de uso público e coletivo, que possuem ambientes climatizados artificialmente, tais como shoppings, escritórios, edifícios comerciais, lojas, bares e baladas estão obrigados a cumprir a Lei. O novo preceito alcança também os ambientes climatizados de uso restrito, como aqueles dos processos produtivos, laboratoriais, hospitalares e outros.

A fiscalização dessa Lei fica a cargo da Vigilância Sanitária que está sendo treinada em todo o Brasil, já a manutenção desses sistemas de condicionamento de ar fica sob a responsabilidade dos engenheiros mecânicos.

O curso já passou por sete estados da federação, no último sábado, 28, aconteceu em Fortaleza a segunda fase da implantação no estado. O conselheiro do Crea- Alagoas, engenheiro mecânico Francisco Medeiros, esteve na sede do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE) ministrando o curso de capacitação para os engenheiros mecânicos do estado.

Segundo o Engº Francisco, o curso é uma ótima oportunidade para que a categoria desenvolva suas atividades no mercado de trabalho, visto que os estabelecimentos precisarão dos serviços desses profissionais.

O engº Francisco Medeiros destacou a parceria do Senge-CE para a capacitação desses profissionais, “A disponibilidade do Senge em ceder seu auditório para a segunda fase do curso em PMOC foi de extrema relevância para os engenheiros mecânicos do Ceará. O ambiente precisava ser favorável à elaboração de um levantamento das empresas que se adequam à legislação para que esse parecer fosse entregue à Vigilância Sanitária viabilizando a fiscalização coletiva do órgão,” disse. O SENGE-CE disponibilizou suas salas com ar condicionado e todos os recursos do sistema de multimídia instalados para que o evento resultasse com o melhor sucesso.

 

Veja abaixo a lista de motivos pelo qual sua empresa deve ficar em dia com o PMOC:

  • Obrigatoriedade de adequação à Lei 13.589/2018.
  • Melhoria da qualidade do ar interno, evitando a concentração de ácaros, fungos, mofos e bactérias.
  • Preservação do rendimento e funcionamento adequado do equipamento com a assistência de um engº. Mecânico.
  • Ação preventiva em peças que apresentam desgaste natural, evitando quebras e equipamento parado.
  • Prorrogação da vida útil do equipamento. Sem o PMOC e um plano de manutenção adequado, o tempo de vida útil pode ser reduzido em até 70%.
  • Promoção de melhor qualidade do ar evitando doenças respiratórias e problemas financeiros acarretados por funcionários de licença médica ou possíveis processos por parte de pessoas que sejam afetadas pela má qualidade do ar no edifício.

O Senge-CE tem um compromisso com seus Associados e a Sociedade em geral, de está sempre de portas abertas para receber eventos como este, que impacta diretamente para preservar o bem-estar de todos, com a Engenharia e suas práticas em defesa da sociedade.

Leia mais
Notícias

Sorteio de Bolsa Integral de Curso do CONPEJ

WhatsApp Image 2019-09-30 at 11.26.43

O Conselho Nacional dos Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil – CONPEJ, realizará nos dias 05 e 06 de outubro em Fortaleza, o Curso de Perícia Judicial. Estão incluso no curso os benefícios:

Filiação ao CONPEJ: BÔNUS
Carteira Associativa: BÔNUS
1° Anuidade: BÔNUS

Inclusão no Banco de Dados de Perito do CONPEJ: BÔNUS

A carga horária é de 20 horas/aula, das 09:00h às 18:00h.

Sorteio dia 03/10/2019 às 16h

*Sorteio somente para Associados Adimplentes.

O curso de Perícia Judicial, trata dos aspectos técnicos da profissão, para que os mesmos possam ter conhecimentos e possibilidade de atuar na esfera Judicial e Extrajudicial.

O sistema metodológico utiliza diversos recursos disponíveis em tecnologia para promover uma maior interação de seus participantes. Com a presença do professor em sala de aula esclarecendo as dúvidas e interagindo com o aluno, aplicando exercícios e provendo meios de visualização da prática do dia a dia.

 

Leia mais