close

Notícias

Notícias

Nota de Pesar

13042021

É com muito pesar que o Senge-CE recebe a notícia do falecimento de Oswaldo Duarte, esposo da Eng. Civil Juraci Duarte, Diretora Executiva do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE).

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará expressa as mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda.
Descanse em paz!

Leia mais
Notícias

Há uma máquina que move o mundo, a Engenharia

10042021

O que seria da vida cotidiana se não fosse a engenharia? Tudo ao nosso redor recebe a atenção e o trabalho árduo de diversos engenheiros. Neste dia 10 de abril, quando é comemorado o Dia da Engenharia, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará exalta a profissão-combustível do mundo.

Desde a concepção de uma ideia até a sua materialização, seja em produtos ou serviços, há o trabalho de um engenheiro. São muitas as especializações e áreas de atuação, todas com sua devida importância, como exalta a presidente do Senge-CE, Teodora Ximenes.

“Dentro do universo existe uma máquina que move o mundo, a engenharia. Em tempos de pandemia, é possível perceber sua presença até na vacina que protegerá toda a humanidade da disseminação do Covid-19, vírus que atinge a todos de forma traiçoeira e letal. Por isso, confie na ciência, confie nos profissionais da Engenharia”, expressa.

Dia do engenheiro metalurgista

Nesta data também é comemorado o Dia do Engenheiro Metalurgista. O profissional de Engenharia Metalúrgica é especializado em um ramo da Engenharia de Materiais voltado ao estudo dos insumos metálicos: estrutura e propriedades mecânicas. Para falar sobre o assunto, o Senge-CE convidou o engenheiro, professor e presidente do Clube dos Engenheiros do Ceará, Luiz Ary Romcy.

“A engenharia tem a vantagem de você trabalhar em várias áreas ao mesmo tempo, tudo se conecta, ainda mais agora que os tempos são outros. Quando eu cheguei no Ceará, em 1965, o campo para engenheiro metalurgista era muito restrito, foi necessário eu me adaptar e explorar também outras áreas. Hoje, com o número de indústrias que temos no Ceará, a realidade é outra”, expressa.

Leia mais
Notícias

Senge-CE comemora 79 anos de lutas e conquistas

senge79_30032021

Já são quase oito décadas de atuação de uma das primeiras entidades de classe criadas no estado. O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará comemora 79 anos de história neste dia 30 de março, destacando-se pela defesa dos profissionais da área tecnológica e da sociedade e pela atuação de sucesso em um dos momentos mais desafiadores enfrentados por nossa sociedade, a pandemia da Covid-19.

A história do Senge-CE teve início em 30 de março de 1942, quando a Associação dos Engenheiros do Ceará solicitou registro ao Departamento Nacional do Trabalho, com base no decreto 1.402 de 5 de junho de 1939.

O Sindicato representa todos os grupos de Engenharia, Arquitetura, Agronomia, Geografia, Geologia, Meteorologia e Tecnólogos. Filiado à Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), o Senge-CE faz parte do sistema Confea, Crea e Mútua, compondo o plenário do Crea-CE com representatividade.

A diretoria da entidade eleita para o triênio 2019-2022 vem investindo esforços para que o sindicato esteja sempre atuante mesmo com os desafios da pandemia de Covid-19. Durante o lockdown, o atendimento ao público esteve ativo, e o calendário de atividades e as reuniões da diretoria têm continuidade de forma remota.

“Mesmo em home office, estamos honrando com a responsabilidade de lutar pelos direitos da classe que representamos”, destacou a presidente do Senge-CE, Teodora Ximenes.

Os resultados dos trabalhos são representativos e já repercutem na vida dos associados. Por meio da Convenção Coletiva, realizada nas plataformas digitais, o Senge-CE garantiu reajuste salarial e vale-refeição.

Foi assegurado: piso salarial de 8,5 salários mínimos para os profissionais com mais de três anos de graduação e de 6 salários mínimos para os profissionais com menos de três anos de graduação, um reajuste de 1,8%.

Após uma série de reuniões, o Senge-CE também conquistou uma boa negociação relacionada ao reajuste do plano de saúde da Unimed Fortaleza, que ficou abaixo do estipulado pela ANS. Foi pedido pelo plano, no início das negociações, um reajuste de 15,46%, quando o limite da ANS para pessoa física é 8,14%. Ao fim das negociações, foi alcançado pelo Senge-CE o número de 7,30%.

Em colaboração aos profissionais da saúde que trabalham no combate à pandemia de Covid-19, o Senge-CE reforça seu papel social com a doação de mais de duas mil máscaras de proteção, desenvolvidas em parceria com o IFCE, aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza.

E para um mercado de trabalho mais justo e igualitário, a entidade, por meio do Centro Vocacional Tecnológico (CVT), realiza a capacitação profissional de jovens em situação de vulnerabilidade. Desta forma, eles estarão aptos a conseguir um emprego ou montar seu próprio negócio.

O Senge-CE continua reforçando o seu compromisso em representar seus sindicalizados e se compromete a defender com dedicação os interesses das classes trabalhadoras representadas.

Leia mais
Notícias

Dia Mundial da Meteorologia: conheça mais sobre a profissão

WhatsApp Image 2021-04-06 at 14.30.21

No dia 23 de março é comemorado o Dia Mundial da Meteorologia e, para homenagear essa profissão tão importante para a nossa sociedade, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE) realizou uma entrevista com a meteorologista Meiry Sakamoto, doutora em Meteorologia pela Universidade de São Paulo e pesquisadora da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Quais são as áreas de atuação possíveis para um meteorologista?

As áreas de atuação do meteorologista são muitas, já que atualmente ninguém sai de casa sem olhar a previsão do tempo. Por isso o meteorologista é mais conhecido pela previsão do tempo. Mas as atuações são diversas – podemos ajudar o homem do campo nas decisões sobre o plantio, temos disciplinas voltadas para a agrometeorologia. Ainda no setor agrícola, informações meteorológicas são usadas para decidir sobre aplicações em commodities, já que um indicativo de estação chuvosa ruim pode ser decisivo para a cultura de laranjas ou outras bastante rentáveis e dependentes das condições climáticas.
No dia a dia, ainda podemos ajudar a Defesa Civil na emissão dos seus alertas, estudando e prevendo os eventos extremos de chuva. Ou, por outro lado, podemos olhar séculos adiante, projetando os cenários futuros de mudanças climáticas.

Como é esse cenário aqui no Ceará? Mais especificamente na sua área de atuação.

Aqui na região Nordeste e em particular no Ceará, onde eu atuo, nosso trabalho é fundamental no apoio à gerência de recursos hídricos, já que o aporte de água nos nossos açudes depende diretamente das chuvas e a previsão climática é indispensável nessa questão. Além disso, o homem do campo busca por nossas informações para decidir a hora de plantar.

Como foi seu primeiro contato com esse meio e quando decidiu ser meteorologista?

Sou neta de agricultores e sempre acompanhava o olhar do meu avô para o céu, tentando descobrir se ia chover ou não. Assim, começou meu interesse. Depois, na hora de decidir sobre o vestibular na Universidade de São Paulo – USP, descobri o curso de Meteorologia e algo que me chamou bastante atenção foi o uso de tecnologia da informação como meio para gerar as previsões de tempo e clima. Isso contribuiu para minha decisão. Mas lembro que, quando criança, me emocionei ao ler “O Quinze”, de Rachel de Queiroz, e hoje me sinto gratificada por poder, de alguma forma, contribuir com as informações climáticas junto ao cearense. É um orgulho fazer parte dessa história e colaborar na difícil missão de convivência com o semiárido nordestino. Por isso, tenho certeza de que escolhi a profissão certa.

Quais são as atribuições que um meteorologista precisa ter para ser bem-sucedido em sua profissão?

Na USP, onde me formei, o curso de bacharel em Meteorologia está ligado à área de ciências exatas. Por isso, afinidades com matemática e física são fundamentais ao meteorologista, já que essas são as bases do conhecimento na área. Claro que não basta uma boa formação acadêmica. Em qualquer área, responsabilidade e amor pela profissão são essenciais. E não é diferente na Meteorologia. Eu posso dizer isso por experiência própria. Apesar de ter tido oportunidades para deixar o Ceará, me sinto realizada com o meu trabalho, que é muito gratificante, porque sei que nossas informações podem fazer a diferença no semiárido nordestino.

O que você diria para jovens e crianças que se interessam por esse ramo?

É uma área que vai exigir de vocês muito estudo. Afinal, entender a natureza e tentar criar modelos numéricos que reproduzam a dinâmica atmosférica não é nada fácil. É uma área repleta de tecnologia de ponta, satélites, radares só para começar, e as possibilidades de inovações são inúmeras. Se você gosta da natureza e tem curiosidades sobre os ventos (Por que a brisa sopra do oceano em certas horas do dia?), sobre as nuvens (Por que nem todas as nuvens provocam chuva ou tem raios? Por que não tem furacão no Ceará?), sobre a atmosfera (Por que o céu é azul? Por que não tem arco-íris todo dia?) já é um bom começo.

O Senge-CE deseja a todos os profissionais que se dedicam com tanto zelo e esmero a essa profissão tão bonita um Feliz Dia Mundial da Meteorologia!

Leia mais
Notícias

Recriado Mecanismo de Anticítera, primeiro computador analógico do mundo

010150210315-recriacao-mecanismo-anticitera

Mecanismo de Anticítera

Pesquisadores acreditam ter criado a primeira réplica realmente fiel do artefato conhecido como o primeiro computador analógico do mundo.

O Mecanismo de Anticítera é certamente a peça de engenharia mais complexa que sobreviveu do mundo antigo. Ele foi descoberto em 1901 em um naufrágio da era romana por mergulhadores gregos perto da pequena ilha mediterrânea de Anticítera (Antikythera).

O aparelho de 2.000 anos é uma calculadora astronômica, usada para prever as posições do Sol, da Lua e dos planetas, bem como eclipses lunares e solares.

E, até sua descoberta, os cientistas consideravam que a tecnologia da época seria incapaz de construir qualquer coisa parecida.

Tem havido muito debate sobre a função e os mecanismos de funcionamento do artefato porque apenas cerca de um terço dele sobreviveu, e ainda dividido em 82 fragmentos.

“O nosso é o primeiro modelo que está em conformidade com todas as evidências físicas e corresponde às descrições nas inscrições científicas gravadas no próprio mecanismo. O Sol, a Lua e os planetas são exibidos em um impressionante obra-prima da Grécia Antiga,” disse o professor Tony Freeth, da Universidade College de Londres.

Mecanismo de Anticítera é recriado com precisão inédita
As imagens de raios X guiaram a reprodução de cada um dos mecanismos. [Imagem: Tony Freeth et al. – 10.1038/s41598-021-84310-w]

Calculadora astronômica

A calculadora astronômica é um dispositivo de bronze que consiste em uma combinação complexa de 30 engrenagens.

Os indícios indicam que ela era usada para prever eventos astronômicos, incluindo eclipses, fases da Lua, posições dos planetas e até mesmo as datas das Olimpíadas.

Embora tenha sido feito um grande progresso no último século para entender como ela funcionava, estudos feitos em 2005, usando raios X 3D e imagens de superfície, permitiram demonstrar como o mecanismo calculava eclipses e o movimento variável da Lua.

No entanto, até agora, apesar de todos os esforços, ninguém havia conseguido montar uma réplica que reproduzisse o sistema completo de engrenagens na parte frontal do dispositivo.

Mecanismo de Anticítera é recriado com precisão inédita
Um dos grandes avanços da equipe foi reproduzir a parte de trás do disco, que não pode ser vista diretamente. [Imagem: Tony Freeth et al. – 10.1038/s41598-021-84310-w]

Astronomia da Babilônia

O maior fragmento sobrevivente, conhecido como Fragmento A, apresenta características de rolamentos, pilares e um bloco. Outro, conhecido como Fragmento D, apresenta um disco inexplicável, uma engrenagem de 63 dentes e uma placa.

As pesquisas de 2005 revelaram milhares de caracteres de texto escondidos dentro dos fragmentos, não lidos por quase 2.000 anos. As inscrições na parte posterior (não vista) incluem uma descrição da exibição do cosmos, com os planetas movendo-se em anéis e indicados por contas marcadoras. Foi esse mostruário que a equipe trabalhou para reconstruir.

Dois números críticos, mostrados pelos raios X, indicando 462 anos e 442 anos, representam com precisão os ciclos de Vênus e Saturno, respectivamente. Quando observados da Terra, os ciclos dos planetas às vezes invertem seus movimentos contra as estrelas. Para prever suas posições, é necessário rastrear esses ciclos variáveis ao longo de longos períodos de tempo.

“A astronomia clássica do primeiro milênio AC originou-se na Babilônia, mas nada nesta astronomia sugeria como os gregos antigos encontraram um ciclo altamente preciso de 462 anos para Vênus e um ciclo de 442 anos para Saturno,” comenta o pesquisador Aris Dacanalis.

Mecanismo de Anticítera é recriado com precisão inédita
A compreensão do Mecanismo de Anticítera melhorou muito com este novo trabalho. [Imagem: Tony Freeth et al. – 10.1038/s41598-021-84310-w]

Previsões astronômicas precisas

Usando um antigo método matemático grego, descrito pelo filósofo Parmênides, a equipe não apenas explicou como os ciclos de Vênus e Saturno foram derivados, mas também conseguiu recuperar os ciclos de todos os outros planetas, para os quais não havia evidências no mecanismo.

“Após um esforço considerável, conseguimos combinar as evidências nos fragmentos A e D com um mecanismo para Vênus, que modela exatamente sua relação de período planetário de 462 anos, com a engrenagem de 63 dentes desempenhando um papel crucial,” disse o pesquisador David Higgon.

“A equipe então criou mecanismos inovadores para todos os planetas que poderiam calcular os novos ciclos astronômicos avançados e minimizar o número de engrenagens em todo o sistema, de modo que eles coubessem nos espaços apertados disponíveis,” acrescentou o professor Freeth.

O resultado nos deixa um passo mais perto de compreender todas as capacidades do mecanismo de Anticítera e como ele era capaz de prever eventos astronômicos com tanta precisão.

O dispositivo original está guardado no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas. E, apesar de todos os esforços, nenhuma outra cópia do Mecanismo de Anticítera foi encontrada até hoje.

Fonte: Inovação Tecnológica.

Leia mais
Notícias

Ellalink conclui instalação de cabo submarino que liga Fortaleza à Europa

ellalink-map-550×353

A Ellalink concluiu a instalação do cabo submarino que liga Fortaleza à cidade de Sines, em Portugal. O valor do investimento foi de 150 milhões de euros – R$ 993 milhões na cotação atual.

O equipamento permitirá que a troca de conteúdo entre América Latina e Europa sem a passagem pelos servidores dos Estados Unidos. O projeto era pensado desde a década passada.

Em parceria com a Infinera, a Ellalink vai oferecer novos produtos e serviços avançados ao cliente, suportando mais de 100 Tbps entre Portugal e Brasil. Além disso, a rede irá suportar uma ligação de 30 Tbps de Portugal à Madeira, com um caminho adicional de 40 Tbps entre Portugal e Marrocos no futuro.

“Tenho o orgulho de anunciar que concluímos com sucesso a instalação do cabo submarino de 6.000 km, fornecendo à EllaLink o sistema robusto de que precisa para suportar a rede por toda a sua vida útil. A solução ICE6 da Infinera é ideal para nós, superando outros equipamentos 800G disponíveis. Juntamente com nossas rotas de fibra diferenciadas, Infinera e ICE6 nos fornecerão os meios para oferecer aos nossos clientes produtos e serviços avançados desde o primeiro dia, em maio de 2021 ”, disse Diego Matas, Diretor de Operações da EllaLink.

Aconragem em Fortaleza

Em dezembro de 2020, a Ellalink concluiu a ancoragem do cabo submarino em Fortaleza.

À época, o titular da Sedet, Maia Júnior, o equipamento fortalece uma infraestrutura que está sendo montada no Ceará há alguns anos, altamente propícia para o desenvolvimento do Hub Tecnológico.

Fonte:  Forcus.Jor

Leia mais
Notícias

Negociação com Sinaenco garante piso salarial, vale-alimentação e auxílio creche

senge11022021

Em assembleia realizada virtualmente, no dia 8 de março, foi aprovada a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), a ser firmada com o Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva do Estado do Ceará).

“Estamos mantendo nossas atividades remotas para preservar a saúde dos diretores, empregados e sindicalizados do Senge-CE, mas ainda assim honramos com a responsabilidade de lutar pelos direitos da classe que representamos”, afirma Teodora Ximenes, presidente do Senge-CE,

Esta convenção preserva o piso salarial de 8,5 salários mínimos para os profissionais com mais de três anos de graduação e de 6 salários mínimos para os profissionais com menos de três anos de graduação, os quais também terão jornada de trabalho de 36 horas e mais oito horas semanais para treinamento e aperfeiçoamento.

O reajuste do piso salarial é retroativo a maio de 2020. Caso existam diferenças monetárias, estas devem ser quitadas nas folhas de pagamento de março e abril/2021. Para os profissionais que ganham acima do piso salarial, o reajuste foi de 1,80%, a partir de janeiro deste ano. O retroativo também será pago nas folhas de pagamento de março e abril/2021.

“A negociação com o Sinaenco foi positiva, tendo em vista que os acordos e convenções coletivas, em todo Brasil, por conta da retração econômica, nos últimos doze meses, não conseguem sequer repor a inflação e muitos até com zero de reajuste salarial”, explica Vianey Martins, assessor jurídico do Senge-CE.

Vale-alimentação

Ficou acertado o vale-alimentação de R$ 29,50 (vinte e nove reais e cinquenta centavos) por dia trabalhado, a ser pago a partir de janeiro de 2021. O retroativo será pago na folha de abril de 2021.

A CCT aprovada tem validade de 1º de maio de 2020 a 30 de abril de 2021, tendo em vista que , em razão da pandemia, no ano passado não foi assinada convenção coletiva com o Sinaenco.

Outras deliberações

A assembleia também aprovou que a direção do Senge/CE deverá remeter ainda em março as minutas de convenções coletivas para o Sinduscon/CE e para o Sinaenco/CE relativas a 2021/2022.

A data base dos trabalhadores vinculados às empresas representadas pelo Sinduscon é em março e os vinculados às empresas representadas pelo Sinaenco é em maio.

Leia mais
Notícias

Dia Mundial da Água e do Engenheiro Hídrico: Sâmia Aquino fala sobre a profissão

senge2_10032021

Garantir o bom abastecimento de água e esgoto nas obras é função primordial dos engenheiros hidráulicos. Essas atividades são fundamentais para o bom funcionamento tanto no período de construção quanto na finalização do projeto.

Assim, é imprescindível o acompanhamento de um profissional responsável a fim de garantir o sucesso de um empreendimento. A engenheira Sâmia Aquino explica que características são fundamentais para um engenheiro hidráulico e quais são os desafios em sua rotina.

“Ele deve ser um profissional extremamente confiável, leal, detalhista e perseverante em buscar melhorias no desempenho da função e no trabalho realizado. Sempre com o objetivo de melhorias contínuas. Deve saber entender o problema, indo na sua raiz para achar a solução e simplificação dele”, detalha Aquino.

Sâmia teve seu primeiro contato com a engenharia ainda no berço. Filha de pai engenheiro civil, atuava na área de recursos hídricos, em construção de barragens, adutoras, canais, perímetros de irrigação etc.

“Quanto ao ramo de atuação, deu-se de forma natural e inusitada. Eu não tinha intenção de atuar com Recursos Hídricos, mas recebi um convite para trabalhar nesta área e me apaixonei”, explica.

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará segue comprometido com a manutenção das profissões e o incentivo para capacitação e reciclagem dos profissionais da engenharia. Oferecemos cursos e descontos para os sindicalizados, visando corroborar para a qualificação esperada pelo mercado de trabalho.

Neste dia 22 de março, o Senge-CE enaltece e parabeniza todos os engenheiros hídricos do nosso Estado! Esta belíssima profissão é imprescindível para o bem estar da sociedade!

Leia mais
Notícias

Senge deseja a todas um feliz Dia da Mulher!

senge_10032021

No dia 8 de março, quando é comemorado o Dia Internacional da Mulher, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE) exalta a importância da força feminina a serviço da engenharia.

Em um meio predominantemente masculino, mulheres que atuam no ramo de tecnologia mostram cada dia sua competência e dedicação, ocupando cargos dentro de instituições importantes no nosso Estado.

A presidente do Senge, Teodora Ximenes, é uma dessas mulheres: engenheira civil de formação, dedicou mais de 40 anos da sua vida ao serviço público (estadual e municipal) no Ceará. Hoje, presidente do Sindicato dos Engenheiros, representa com honra e zelo uma classe que luta por boas condições de trabalho e pelo reconhecimento necessário.

“Decidi que queria ser engenheira quando vim de Sobral para Fortaleza e vi as belas construções da cidade, ali eu me encantei. Estudei muito e ingressei na Universidade Federal do Ceará, onde encontrei poucas mulheres, com as quais tenho contato até hoje, e fui muito bem acolhida pelos colegas homens, que sempre me apoiaram e respeitaram”, relata Teodora Ximenes.

Para as meninas e mulheres que ainda galgam os primeiros passos no mundo profissional, a mensagem é de incentivo: “Cursem engenharia!”, motiva a presidente.

A todas as mulheres engenheiras, o Senge deseja um feliz Dia da Mulher! Que nunca lhes falte força e dedicação para defender sua profissão e correr em busca dos seus objetivos.

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará segue comprometido com a manutenção das profissões e o incentivo para capacitação e reciclagem dos profissionais da engenharia. Oferecemos cursos e descontos para os sindicalizados, visando corroborar para a qualificação esperada pelo mercado de trabalho.

Neste dia 8 de março, o Senge-CE enaltece e parabeniza todas as mulheres engenheiras do nosso Estado. Elas fazem a diferença e ajudam no desenvolvimento da sociedade!

Leia mais