close
Notícias

UFC terá Centro de Excelência em Inteligência Artificial

shutterstock_93075775

O novo centro vai propor soluções tecnológicas e inovadoras em inteligência artificial aplicadas às industria cearense

A Intel, fabricante de circuitos integrados, instalará no começo do ano que vem um Centro de Excelência em Inteligência Artificial dentro do Parque Tecnológico do Campus do Pici, da Universidade Federal do Ceará (UFC). A novidade foi anunciada durante o workshop Aplicação de Inteligência Artificial nos Negócios, realizado nesta quarta-feira (18) na FIEC, em parceria com a Intel e UFC, com o apoio do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia da FIEC (Cointec).

O Centro será coordenado pela empresa AI2Biz Lab, braço da Intel no setor acadêmico, e caracterizada por ser uma extensão de outro, que existe na Universidade Federal do Rio de Janeiro. O novo centro vai propor soluções tecnológicas e inovadoras em inteligência artificial aplicadas às industria cearense. Ele será ponte entre as pesquisas acadêmicas e mão de obra existente nos cursos da UFC, com indústrias dos mais diversos ramos e portes.

O workshop serviu como ponta pé inicial de instalação do Centro com o objetivo de promover discussão de temas como eficiência operacional, otimização de recursos e redução de custos diretos e indiretos através da aplicação de tecnologia de aprendizado de máquina nos processos de negócio. Os professores da UFC apresentaram casos de uso pertinentes a esses desafios em diversas indústrias, de áreas como siderurgia, energia, saúde, água e alimentos e bebidas.

O presidente do Cointec e também do sindicato do setor eletrometalmecânico do Estado (Simec), Sampaio Filho, disse que a Intel e a UFC procuraram a FIEC já sabendo do trabalho desenvolvido aqui para aproximar o setor produtivo da academia. O representante da Intel, Fábio Zuvanov, enfatiza que o Centro chega em um momento de grande revolução digital que tem quebrado paradigmas nos negócios. “A transmissão digital de dados têm revolucionado setores como comércio e serviço. Até a indústria com o caráter conservador tem se rendido a transmissão de dados em nuvem em atividades fins. A nossa ideia é unir a criatividade das pesquisas acadêmicas ás necessidades da Indústria”, destacou.

O CEO da AI2bizlab, que será a ponte da Intel dentro da UFC, Francisco Dutra, disse que o seu papel é fornecer a mão de obra, recursos tecnológicos e infraestrutura necessários para as demandas das indústrias cearenses.”Se não conseguimos atender a demanda aqui iremos buscar ideias e soluções fora do estado e do país com o apoio da Intel”, esclareceu.

Fonte: Diário do Nordeste

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.

Deixe um Comentário