close
no thumb
06-01-16

É um consenso entre a comunidade acadêmica: o vestibular do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) é considerado um dos mais difíceis do país. Mas essa realidade não tem impedido de que alunos do Ceará levem o estado a uma posição de destaque. Pelo quinto ano consecutivo, o Ceará foi o que mais aprovou alunos no vestibular do ITA. Em 2015, das 170 vagas ofertadas concorridas entre quase 13 mil pessoas, 61 foram ocupadas por alunos cearenses, o que representa 36% de todo o total.

O resultado tem feito do Estado um celeiro de grandes engenheiros e tornado a capital cearense uma referência em profissionais da engenharia de alto gabarito. E os números de tanto sucesso foram reconhecidos até mesmo pelo próprio ITA que resolveu abrir por aqui o seu primeiro mestrado, fruto de uma parceria inédita com a Universidade Federal do Ceará (UFC).

As conquistas foram o assunto do Tecnologia no Dia a Dia da última quarta-feira (6) Qual é o perfil do aluno cearense? Quais as principais dificuldades? O que esses números representam para o mercado? No estúdio, conversaram conosco a respeito do assunto o representante da Associação de Engenheiros do ITA no Ceará, (AEITA-CE), Artur Guimarães, o professor titular e chefe do departamento de telecomunicações do Instituto de Tecnologia da UFC, João César Mota e ainda o aluno Felipe de Castro Silva, um dos 61 cearenses que foram aprovados na última edição do exame.

Gostou do tema? Quer sugerir algum assunto? Ligue para a nossa produção e dê a sua opinião, sugestão, crítica ou elogio. O nosso telefone é o 3087-9551.

Comunicação

O Autor Comunicação

Deixe um Comentário