close
WhatsApp Image 2021-06-28 at 13.43.49

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE), considerando o inoportuno e inexplicável acolhimento de emenda legislativa que revogou a Lei n.º 4.950-A, referente ao Piso da Categoria dos profissionais da Engenharia, no processo de aprovação na Câmara dos Deputados da Medido Provisória n.º 1040/2021 que trata de medidas simplificadoras para abertura de empresas, portanto, sem vinculação com o tema da referida Lei;
Manifesta veemente REPÚDIO a esse fato que não colabora com o objetivo da citada MP, mas que traz enormes prejuízos a uma categoria profissional de grande relevância para os interesses do desenvolvimento socioeconômico do Brasil.
A Lei n.º 4.950-A/66 é uma conquista histórica da Engenharia e seus profissionais, e veio para promover sua valorização e, por consequência, melhores resultados em suas atividades, e não pode, sem a mínima justificativa, ou discussão, ser jogada na lata de lixo por iniciativa irresponsável do Deputado Federal Alexis Fonteyne (NOVO-SP), com a cumplicidade de seus pares.

Referida Medida Provisória segue para o Senado, onde se espera que esse gesto de desapreço às nossas profissões seja devidamente reparado e conclamamos aos profissionais e à sociedade de forma geral que se manifeste, nesse sentido, perante os membros do Senado Federal, especialmente àqueles que representam o nosso Estado, os Senadores Tasso Jereissati, Eduardo Girão e Cid Gomes.

Fortaleza, 28 de junho de 2021

Eng. Teodora Ximenes
Presidente do Senge-CE

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.