close
Meio AmbienteNotícias

MCTI, MME e MDIC analisam programa para otimização de parques eólicos

no thumb
parque-eolico-de-sines1

Um estudo do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) foi base de reunião dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e de Minas e Energia.

Um estudo desenvolvido pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) que visa otimizar os parques eólicos e desenvolver uma cadeia produtiva para o setor no Brasil foi o tema que reuniu, nesta sexta-feira (22), os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME). Liderado pelo secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, Armando Milioni, o encontro serviu para as pastas dialogarem sobre o projeto.

Intitulado “Programa demonstrativo para inovação em cadeia produtiva selecionada – Eólica”, uma das propostas apresentadas é viabilizar a implementação de laboratórios centros de testes e certificação da energia eólica. “Fazer um laboratório em que possam ser feitos os testes, por exemplo, se formos construir próximo a uma zona residencial, é seguro que a torre eólica não irá cair?”, questionou Milioni.

De acordo com o secretário, a ideia do laboratório é estudar a segurança, viabilidade, padronização, e os locais estratégicos para implantação da energia eólica no Brasil. Pelo lado do MME, participou da reunião, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura Filho. Pelo MDIC, esteve presente o secretário de Inovação, Marcos Vinícius de Souza.

“O estudo é tão avançado que os ministérios presentes à reunião se interessaram na possiblidade de abrir no PPA (Plano Plurianual – 2016 – 2019) espaços que permitam a dotação orçamentária para eventual concretização desses laboratórios ao longo dos próximos cinco anos”, disse o secretário.

Fonte: Secitece

Temporario

O Autor Temporario

Deixe um Comentário