close
Notícias

Invenção recupera até 95% da capacidade de baterias de lítio usadas

CIENTISTA LÍTIO

Uma das polêmicas mais recentes no mundo da tecnologia foi a descoberta que a Apple diminui a performance de iPhones conforme eles vão envelhecendo. As baterias de lítio de celulares sofrem desgaste conforme o uso e vão ficando cada vez piores com a passagem do tempo.

Para evitar que isso continue acontecendo em smartphones e laptops, um pesquisador da Universidade de Tecnologia de Nanyang, em Singapura, teria inventado uma maneira de “rejuvenescer” as baterias de íon de lítio. O professor Rachid Yazami afirma que sua invenção é capaz de recuperar até 95% da capacidade de uma bateria de lítio em apenas 10 horas.

Caso o processo realmente funcione, ele pode mudar a história da tecnologia moderna de diversas maneiras. Imagine a quantidade de baterias que vai deixar de ser produzida por podermos reaproveitas as antigas. Isso vai trazer alterações drásticas para a indústria de células de energia e um impacto ambiental extremamente positivo.

O cientista diz que sua invenção pode ser usada tanto para eletrônicos de consumo, como iPhones e outros smartphones, quanto em veículos elétricos, onde ele acha que realmente vai haver o maior impacto.

Basicamente, para recuperar a vida de baterias de lítio, o pesquisador acrescenta um terceiro eletrodo aos dois polos que já existem nelas. Esse eletrodo funciona recolhendo íos residuais de lítio de um dos polos, que é o que impede a bateria de armazenar uma capacidade maior de energia com o tempo.

Segundo Yazami, já existe o interesse de grandes empresas e sua invenção, entre elas Apple, Samsung e Panasonic.

(Com informações do site TecMundo)

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.

Deixe um Comentário