close
Nacional

A iluminação pública encontra-se deficiente e ainda poderá piorar

no thumb

imagem_2803_1A partir de 1º de janeiro de 2015, os serviços de manutenção do sistema de iluminação pública deixarão de ser executados pelas concessionárias de distribuição de energia, excetuando-se os casos em que decisão judicial impeça a transferência dos ativos de iluminação pública para o município.

A própria Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vem alertando aos municípios que as concessionárias – no caso da região de Bauru, a CPFL Paulista – devem verificar e corrigir possíveis falhas e substituir equipamentos danificados, para que o sistema de iluminação pública seja entregue em perfeito estado de funcionamento.

Lamentavelmente, em qualquer cidade da região, se o sistema de iluminação pública vier a ser avaliado, por meio de amostragem representativa por técnico especializado, será constatada a sua deficiência.

Ainda que a data para a alteração tenha sido postergada em duas oportunidades pela Aneel, a grande maioria dos municípios, de pequeno, médio ou grande porte, não se preparou para assumir este novo encargo.

 

Com informações da Equipe de Comunicação FNE

Tags : Agência Nacional de Energia Elétrica
Comunicação

O Autor Comunicação

Deixe um Comentário