Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará


História

Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará - SENGE – CE

Em 30 de março de 1942 nasce o SENGE-CE, através de requerimento da Associação dos Engenheiros do Ceará, apresentando estatutos passando a SINDICATO DOS ENGENHEIROS NO ESTADO DO CEARÁ, de acordo com o Decreto Nº 1.402, de 05 de julho de 1939. Na época as reuniões aconteciam numa sala do Clube de Engenharia, na Rua Senador Pompeu 941, no centro de Fortaleza. Cerca de 500 engenheiros estavam associados ao SENGE-CE. Em 1978 O Sindicato mudou-se para o Edifício Palácio Senador na Rua Senador Pompeu e por volta de 1983 ocupou uma sala no antigo Edifício LOBRAS na Rua Barão do Rio Branco. Em 11 de Dezembro de 1984 o Eng. José Alfredo Sobreira, que foi presidente do Sindicato por três gestões, inaugurou a atual sede do SENGE-CE em uma casa comprada na Praia de Iracema, na Rua Alegre 01.

A cidade de Fortaleza que se descortinava em princípios da década
de 1940 distanciava-se, consideravelmente, da Fortaleza do
começo do século. No intervalo de 1900 a 1940 o progresso da
cidade, tanto material como demográfico, tem poucos similares no
país. A população mais do que triplicou e, num movimento
progressivo de crescimento econômico e urbanização, Fortaleza se
tornou uma cidade de médio porte, ocupando o terceiro lugar em
importância no Nordeste;.

O espaço físico da cidade também passou por profundas modificações nesse período. Possuindo no início do século uma área de aproximadamente seis quilômetros quadrados, no início dos anos 1940 sua área urbana e suburbana atingiu 40 Km2 . Com a ampliação da área da cidade, observou-se o aumento no número de ruas, avenidas, casas, prédios públicos e particulares, bem como o surgimento de novos bairros.
Mantendo a sua característica de importante centro comercial, a capital cearense alcançou essa nova década envolta em um sentimento de modernidade. A intensidade do tráfego urbano de pessoas e mercadorias trouxe, ainda que de forma rarefeita e incipiente, nas vias do Centro de Fortaleza o sinal luminoso, ou semáforo. Fortaleza contava com clubes refinados para as classes abastadas, como o Náutico, o Ideal, o Líbano, os Diários e outros, onde ocorriam suntuosas festas, tertúlias e bailes carnavalescos com orquestra. Também data desta época a construção dos grandes açudes do estado.

A Questão

O número de engenheiros exercendo efetivamente a profissão no estado já era bastante expressivo. Preocupados com a situação e com o futuro, profissionais da área se reuniram para lutar pela regulamentação profissional e criar uma entidade que protegesse o exercício legal da profissão, para que a categoria tivesse seus direitos estabelecidos por lei devidamente garantidos e respeitados, e pelo enquadramento sindical, prerrogativa necessária para a transformação da ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DO ESTADO DO CEARÁ em sindicato.

NASCE O SENGE

Uma entidade criada para participar das principais discussões de interesse público e atuar em prol da sociedade, sempre buscando a valorização profissional e trabalhando pelo fortalecimento das categorias representadas.

Teodora Ximenes da Silveira

Presidente do SENGE-CE

GestÃO 2022 a 2024

Sorteio do Curso de Perícia Judicial

(SOMENTE PARA ESTUDANTES)