close
Notícias

FÁBRICA DE CIMENTO: DESCUBRA A TECNOLOGIA QUE HÁ NA VOTORANTIM CIMENTOS

industria4.0_06022020
Iniciativas com uso de inteligência artificial estão sendo aplicadas em fábricas da cimenteira

indústria 4.0, também conhecida como a 4ª revolução industrial, está proporcionando que diversas empresas comecem a dar passos relevantes na implementação de tecnologias nos processos industriais. Mesmo sendo um setor bastante tradicional, a construção civil tem permitido mudanças significativas em prol do aumento da produtividade e de redução de custos. Não à toa, as construtechs têm ampliado suas atuações em obras e, atualmente, as inovações também podem ser vistas em fábrica de cimento.

Para melhorar sua produtividade, aumentar a qualidade dos seus materiais e evitar perdas financeiras em fábrica, a Votorantim Cimentos tem atuado na implementação de diversas soluções que envolvem inteligência artificial, robótica e análise de dados. Na fábrica de Rio Branco do Sul, localizada no Paraná, por exemplo, já existem iniciativas funcionando a cerca de um ano e trazendo resultados positivos para a área de manutenção atuando de forma preventiva e evitando que problemas sérios pudessem parar o funcionamento de suas máquinas.

Fábrica de cimento: tipos de tecnologias existentes

A fábrica de Rio Branco do Sul, da Votorantim Cimentos, é uma das pioneiras nos processos de implementação dos projetos de tecnologias da companhia. Com 180 mil metros quadrados, a unidade é a maior da América Latina e lá são produzidos materiais, como: cimento, agregados, calcário agrícola e argamassas que abastecem os estados do Paraná, oeste, sul e norte de Santa Catarina, além do Vale do Itajaí, e estende suas vendas até o Mato Grosso do Sul.

As soluções que são alinhadas e analisadas pela diretoria e implementada nas fábricas, são formuladas pela área de Inovação e Arquitetura & Soluções Globais, em São Paulo, decorrente das demandas das áreas de negócio. Este ano, estão rodando alguns projetos extremamente relevantes para a companhia, o Spectrum e o BrainCube, ambos envolvendo o uso de inteligência artificial.

De acordo com Gabriel Boranga Iera, arquiteto de soluções globais na Votorantim Cimentos, “o Spectrum é um projeto de inteligência artificial aplicada a análise preditiva e manutenção. Ele é um digital twin, é um gêmeo digital, que faz uma cópia das máquinas físicas, comparando o comportamento real versus ideal”, explica o representante da companhia. Este sistema começou a ser migrado para outras unidades da indústria. Já o BrainCube é uma solução de Data Science que funciona na análise de ciência dos dados de processos para tomar as melhores decisões, e seu piloto está sendo realizado em Curitiba.

A área de expedição e logística também tem processos relevantes. A fábrica possui robotização no ensacamento e paletização dos produtos. Além disso, há tecnologia aplicada na gestão dos motoristas terceiros que buscam as cargas na fábrica para a realização de entregas. Aqueles motoristas cadastrados no aplicativo do motorista recebem notificações quando há alguma carga disponível para entrega que esteja de acordo com o seu perfil registrado (que considera informações de capacidade de volume de carga e tipo de caminhão, por exemplo). Esses motoristas ao chegarem à unidade da Votorantim Cimentos, utilizam um totem para começarem seu atendimento.

Que iniciativas fazem parte da Indústria 4.0?

De acordo com informações do Governo Federal, que mantém um site sobre o tema, a Indústria 4.0, que vem após a terceira onda industrial responsável pelas automações industriais, traz ações nos âmbitos das evoluções abaixo:

  • Manufatura aditiva ou impressão 3D;
  • Inteligência Artificial (IA);
  • Internet das Coisas (IoT);
  • Biologia sintética;
  • Sistemas Cyber-físicos.

Fonte: Mapa da Obra.

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.

Deixe um Comentário