close
Notícias

Equipe econômica ameaça agravar mercado da engenharia brasileira

equipe-econômica-ameaça-agravar-mercado-da-engenharia-brasileira

Uma notícia do jornal Valor no dia 26/04 deixou a engenharia brasileira alerta. Assim como foi feito no período Temer, que rompeu com a regra do conteúdo local para a indústria de petróleo e gás, transferindo oportunidades no mercado para empresas estrangeiras e barrando as fornecedoras nacionais, o atual governo pretende mais uma vez eliminar oportunidades reservadas às companhias brasileiras.

De acordo com o jornal, as mudanças estão sendo amarradas ao projeto que altera a Lei de Licitações, que já carregava vários problemas apontados pela FNE desde que foi proposto.

Após idas e vindas, quatro remendos e muita pressão sobre o Congresso no ano passado, em relação ao parecer e substitutivo ao Projeto de Lei 1.292/1995 (ao qual foi apensado o PL 6.814/2017), a FNE redigiu a carta Em defesa da engenharia, da transparência nas licitações públicas e da segurança da população, posicionando-se contra as mudanças e propondo melhorias para tornar o instrumento legal mais eficaz.

Entre outros pontos, a proposição criticada pela engenharia não determina a exigência de projeto executivo para a contratação de obras e serviços do setor, o que é considerado essencial para garantir qualidade e boa aplicação dos recursos públicos.

Agora, o governo pretende impor alterações que pioram o PL. Entre elas, a retirada da possibilidade de margem de preferência para fornecedores nacionais nas licitações e uma determinação para que o pregão eletrônico na modalidade de menor preço seja aberto.

Ou seja, mantém a dispensa do projeto executivo, obriga a engenharia a disputar uma obra pelo menor preço – critério que predomina no pregão eletrônico, em possível detrimento de qualidade e segurança – e retira dos brasileiros a prioridade para as contrações nacionais.

(Fonte: Redação FNE)

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.

Deixe um Comentário