close
no thumb
Clélio Campolina Diniz é o atual reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (Foto: Divulgação)

O novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clélio Campolina Diniz, assumiu o cargo nesta segunda-feira (17), no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença da presidenta Dilma Rousseff.

Atual reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ele substitui o físico e doutor em Matemática Marco Antonio Raupp, que lhe transmitirá o posto em outra cerimônia, na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), às 17h.

Economista, Clélio Campolina dirigiu a Faculdade de Ciências Econômicas (Face) e o Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar) da UFMG – dos quais é professor titular aposentado – bem como o Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BHTEC). Integra o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) do governo federal.

Campolina é graduado em engenharia mecânica e em engenharia de operação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Especializou-se em desenvolvimento e planejamento pelo Instituto Latino-Americano e do Caribe de Planejamento Econômico e Social (Ilpes), ligado à Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (Cepal).

Tem mestrado e doutorado em ciência econômica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pós-doutorado na Universidade de Rutgers, dos Estados Unidos.

Como docente e pesquisador, Campolina atua principalmente nos seguintes temas: economia regional, desenvolvimento econômico, economia da tecnologia, economia brasileira e economia de Minas Gerais. Publicou mais de 100 trabalhos no Brasil e no exterior. Saiba mais sobre a atuação acadêmica e acesse o currículo Lattes do economista.

As informações são do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Tags : Cleio CampolinaMinistroMinstério da CiênciaTecnologia e Inovação
Comunicação

O Autor Comunicação

Deixe um Comentário