close
Notícias

Dia Mundial da Meteorologia: conheça mais sobre a profissão

WhatsApp Image 2021-04-06 at 14.30.21

No dia 23 de março é comemorado o Dia Mundial da Meteorologia e, para homenagear essa profissão tão importante para a nossa sociedade, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE) realizou uma entrevista com a meteorologista Meiry Sakamoto, doutora em Meteorologia pela Universidade de São Paulo e pesquisadora da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Quais são as áreas de atuação possíveis para um meteorologista?

As áreas de atuação do meteorologista são muitas, já que atualmente ninguém sai de casa sem olhar a previsão do tempo. Por isso o meteorologista é mais conhecido pela previsão do tempo. Mas as atuações são diversas – podemos ajudar o homem do campo nas decisões sobre o plantio, temos disciplinas voltadas para a agrometeorologia. Ainda no setor agrícola, informações meteorológicas são usadas para decidir sobre aplicações em commodities, já que um indicativo de estação chuvosa ruim pode ser decisivo para a cultura de laranjas ou outras bastante rentáveis e dependentes das condições climáticas.
No dia a dia, ainda podemos ajudar a Defesa Civil na emissão dos seus alertas, estudando e prevendo os eventos extremos de chuva. Ou, por outro lado, podemos olhar séculos adiante, projetando os cenários futuros de mudanças climáticas.

Como é esse cenário aqui no Ceará? Mais especificamente na sua área de atuação.

Aqui na região Nordeste e em particular no Ceará, onde eu atuo, nosso trabalho é fundamental no apoio à gerência de recursos hídricos, já que o aporte de água nos nossos açudes depende diretamente das chuvas e a previsão climática é indispensável nessa questão. Além disso, o homem do campo busca por nossas informações para decidir a hora de plantar.

Como foi seu primeiro contato com esse meio e quando decidiu ser meteorologista?

Sou neta de agricultores e sempre acompanhava o olhar do meu avô para o céu, tentando descobrir se ia chover ou não. Assim, começou meu interesse. Depois, na hora de decidir sobre o vestibular na Universidade de São Paulo – USP, descobri o curso de Meteorologia e algo que me chamou bastante atenção foi o uso de tecnologia da informação como meio para gerar as previsões de tempo e clima. Isso contribuiu para minha decisão. Mas lembro que, quando criança, me emocionei ao ler “O Quinze”, de Rachel de Queiroz, e hoje me sinto gratificada por poder, de alguma forma, contribuir com as informações climáticas junto ao cearense. É um orgulho fazer parte dessa história e colaborar na difícil missão de convivência com o semiárido nordestino. Por isso, tenho certeza de que escolhi a profissão certa.

Quais são as atribuições que um meteorologista precisa ter para ser bem-sucedido em sua profissão?

Na USP, onde me formei, o curso de bacharel em Meteorologia está ligado à área de ciências exatas. Por isso, afinidades com matemática e física são fundamentais ao meteorologista, já que essas são as bases do conhecimento na área. Claro que não basta uma boa formação acadêmica. Em qualquer área, responsabilidade e amor pela profissão são essenciais. E não é diferente na Meteorologia. Eu posso dizer isso por experiência própria. Apesar de ter tido oportunidades para deixar o Ceará, me sinto realizada com o meu trabalho, que é muito gratificante, porque sei que nossas informações podem fazer a diferença no semiárido nordestino.

O que você diria para jovens e crianças que se interessam por esse ramo?

É uma área que vai exigir de vocês muito estudo. Afinal, entender a natureza e tentar criar modelos numéricos que reproduzam a dinâmica atmosférica não é nada fácil. É uma área repleta de tecnologia de ponta, satélites, radares só para começar, e as possibilidades de inovações são inúmeras. Se você gosta da natureza e tem curiosidades sobre os ventos (Por que a brisa sopra do oceano em certas horas do dia?), sobre as nuvens (Por que nem todas as nuvens provocam chuva ou tem raios? Por que não tem furacão no Ceará?), sobre a atmosfera (Por que o céu é azul? Por que não tem arco-íris todo dia?) já é um bom começo.

O Senge-CE deseja a todos os profissionais que se dedicam com tanto zelo e esmero a essa profissão tão bonita um Feliz Dia Mundial da Meteorologia!

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.