close
Notícias

Ceará deve ter ofertar curso de Engenharia Aeronáutica este ano pela UFC

CAPA – ENGENHARIA AERONÁUTICA

O Ceará deverá ter, em breve, um curso de Engenharia Aeronáutica, área promissora da engenharia e até então sem oferta de vagas no Ceará. A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, ao jornalista Eliomar de Lima, em sua coluna na edição desta quarta-feira (13) do jornal O Povo.

Com a chegada do curso ao Ceará, Inácio Arruda avalia que o Estado teria uma espécie de Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA), uma vez que, até então, nenhuma instituição superior oferece cursos neste área em território cearense.

Conforme escreveu na coluna com base nas informações do titular da Secitece, o curso deverá ser implantado pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Inácio Arruda ainda teria adiantado que as turmas de Engenharia Aeronáutica cheguem ao Ceará ainda este ano.

A Secitece estaria garantindo o apoio necessário à UFC para o processo de implantação do curso. Na coluna, Inácio Arruda disse que o projeto para liberação do curso já estaria no Ministério da Educação (MEC), aguardando apenas o parecer da instituição para chancelar a oferta de vagas.

“Estamos aguardando a liberação, até porque a UFC formou massa crítica nas áreas da navegabilidade e segurança de voo, além de ter know-how na área da engenharia, uma das mais respeitadas no País”, disse Inácio.

O Ceará deverá ter, em breve, um curso de Engenharia Aeronáutica, área promissora da engenharia e até então sem oferta de vagas no Ceará. A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, ao jornalista Eliomar de Lima, em sua coluna na edição desta quarta-feira (13) do jornal O Povo.

Curso e carreira

Conforme dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e no MEC, em todo o País apenas seis faculdades oferecem o curso de Engenharia Aeronáutica. Juntas, elas abrem a cada ano cerca de 850 vagas, para quase de 4 mil candidatos que se inscrevem. Ainda de acordo com o Inep, o tempo de formação do curso é de 5 anos.

Segundo o Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), o profissional desta área pode atuar nas áreas de Infraestrutura aeronáutica, Engenharia aeroespacial, Manutenção aeronáutica e Coordenação de tráfego aéreo. Entre suas funções está a especificação de materiais e componentes e manutenção de aeronaves, realização de ensaios de componentes estruturais, aerodinâmicos, de especificação de motores e de voo.

De acordo com o Confea, este profissional também projeta sistemas de controle e de simuladores, além de fazer a especificação de sistemas eletromecânicos e eletrônicos que compõem a aeronave. Atua no gerenciamento de obras e serviços ligados à infraestrutura aeronáutica, como o planejamento de linhas e o gerenciamento do tráfego aéreo.

O salário inicial é de R$ 5 mil, podendo chegar a R$ 12 mil no auge da carreira.

Assessoria de comunicação

O Autor Assessoria de comunicação

A Inove Comunicação tem know-how na divulgação de eventos nacionais e internacionais e tem como missão dar, a cada cliente, visibilidade na mídia, consolidando a marca no mercado e perante a opinião pública.

Deixe um Comentário