close

Educação

EducaçãoTecnologia Dia a Dia

Jogo de celular criado no Amazonas une diversão e matemática

matemagos

Aprender matemática brincando. Essa é a ideia do Matemagos, um jogo criado para smartphones que mistura magia à disciplina considerada o terror dos estudantes. O game começou a ser desenvolvido há quase dois anos durante o doutorado do professor de design de jogos da Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica(Fucapi), Sylker Teles, na Universidade de Kyushu, no Japão.

“Desenvolvi uma tese sobre jogos e educação e precisava de um protótipo para testar a minha hipótese de que crianças que jogam têm mais facilidade no aprendizado. Por isso, desenvolvi o Matemagos. Escolhi a matemática porque busquei alguns dados, principalmente, da Unesco [Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura], sobre educação e países em desenvolvimento, e descobri que a matemática é um dos grandes problemas. Sempre tive essa preocupação. Nossas crianças se desenvolvem e chegam até a graduação sem um bom domínio da matemática”, explicou.

No Matemagos, o jogador entra no “Reino da Tabu’Ada”, onde um bruxo abre uma porta dimensional permitindo a passagem de criaturas malignas. Os magos, heróis do game, precisam impedi-los de conquistar o reino e selar o portal. Mas, para ter sucesso nas batalhas, o usuário precisar aplicar alguns conhecimentos de matemática do ensino fundamental.

“As crianças vão jogando, vão se divertindo e a matemática está ali embutida na mecânica do game. Elas precisam resolver pequenas operações de matemática para ter sucesso nas batalhas e acabam absorvendo o conteúdo dessa forma”, disse Teles.

Inpiração amazônica

Jogos conhecidos pelos amantes dos games, como Final Fantasy e Saga e elementos da cultura pop atual, como Harry Potter, Senhor dos Anéis e Game of Thrones, serviram de inspiração para o professor. A cultura amazônica também está presente no Matemagos.

“São seis magos os personagens principais e cada um é baseado em um aspecto diferente da cultura mundial. Existe um personagem, um indiozinho, que representa a cultura amazônica. Ele é o pajé. A função dele no game é justamente a cura. É ele quem cura os outros personagens”, ressaltou o professor.

O jogo Matemagos foi desenvolvido para plataformas Android e iOS e poderá ser baixado gratuitamente. O lançamento está previsto para o fim do mês.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais
Educação

Seminário de Auditoria aborda temas da Engenharia nacional em Fortaleza

semaenge_2016-1024×870

semaenge_2016-1024x870

Fortaleza receberá, no próximo dia 18 de novembro, a edição 2016 do Seminário de Auditoria de Engenharia (Semaenge). O evento, bienal, estuda temas atuais e relevantes da Engenharia nacional, para enriquecimento profissional de auditores de Engenharia, peritos e engenheiros em geral.

Neste ano, o tema do Semaenge é “Sinistros x Qualidade das Construções”. Ele foi escolhido, conforme a organização, devido aos recentes casos de sinistros em obras públicas e privadas noticiados pela mídia nacional.

Aspectos técnicos e legais serão apresentados por profissionais capacitados e experientes no assunto durante o evento, que também dará oportunidade de interação dos palestrantes com os participantes.

Nesta edição 2016 serão ministradas as seguintes palestras: Qualidade das Obras Públicas; Estudo de Caso – Ciclovia Tim Maia/RJ; e Recuperação e Reforço de Estruturas de Concreto – estudos de casos.

Antes do encerramento, haverá uma mesa redonda com a participação dos três palestrantes e do Presidente do Instituto Brasileiro de Auditoria de Engenharia (Ibraeng), sobre os temas abordados e outros assuntos relacionados, também com interação com os participantes.

Participe!

Mais informações e inscrições em http://www.ibraeng.org/eventos/visualizar/7

Leia mais