close
Notícias

Audiência Pública debate importância estratégica da Engenharia

frente

O desafio de retomar o desenvolvimento nacional, com saídas imediatas para a crise brasileira, vai exigir do País um grande esforço de valorização da sua Engenharia. As obras paradas, as políticas que reduzem a contratação de conteúdo local nas licitações do petróleo e a falta de investimento em infraestrutura vão na contramão das soluções debatidas pela Frente Parlamentar Mista da Engenharia. Pelo contrário, as restrições ao desenvolvimento aprofundam a crise e preocupam legisladores e profissionais. Estes serão assuntos discutidos em Audiência Pública convocada para a próxima quarta-feira (21), às 14h30, pela Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, à pedido do presidente da Frente Parlamentar, Ronaldo Lessa.

O vice-presidente da FNE, Carlos Abraham, integrante da mesa, levará as preocupações e as contribuições da federação que apontam para a importância estratégica da Engenharia para reversão do quadro de estagnação econômica. Desde 2006, a FNE tem mobilizado a Engenharia nacional e nas regiões para o diagnóstico e apresentação de propostas factíveis para problemas estruturais, através do projeto Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento. Este ano, com o agravamento da situação política e econômica do País, e seus impactos sobre os engenheiros, a FNE vem liderando o movimento Engenharia Unida, com encontros e articulações pelo desenvolvimento nos vários estados brasileiros. O movimento tem subsidiado, a partir desses debates,  atividades legislativas e plataformas de ação da Frente Parlamentar.

A audiência reunirá, além de deputados e senadores, as entidades FNE, Fisenge, Abimaq e Confea. E terá transmissão online a partir das 14h30 no link da e-Democracia.

Redação FNE

Senge CE

O Autor Senge CE

Deixe um Comentário